França entra em novo confinamento nacional.

Emmanuel Macron anunciou novas medidas para conter a pandemia de covid-19 em França.

O presidente anunciou esta quarta-feira um novo confinamento nacional a partir de sexta-feira e que vai vigorar pelo menos até dia 1 de dezembro.

Macron anunciou também novas medidas de combate ao avanço da pandemia.

O Chefe de Estado expressou a necessidade de proteger “todos os franceses”, ao mesmo tempo que protege a economia.

A segunda vaga “será indiscutivelmente mais dura e mortal do que a primeira” e “se não for travada abruptamente, os hospitais vão chegar ao ponto de saturação rapidamente” reconheceu o presidente.

As medidas anunciadas incluem “encerramento de lojas que foram definidas na primavera como não essenciais, bares e restaurantes” e “creches, escolas e faculdades vão continuar abertas com protocolo de saúde reforçado. As visitas a lares de idosos e centros de dependência estarão autorizadas.”

O teletrabalho generalizado passará a ser a preferência, sempre que possível, e as fronteiras francesas internas (na Europa) vão continuar abertas e as externas fechadas, salvo algumas excepções.

 

Publicidade


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Quem nos apoia?!

Patrocínios

Envie-nos a sua mensagem!

     

    Publicidade


    No ar com: Pedro Miguel Silva | Música atual: James Arthur – Falling Like The Stars | Música seguinte: Justin Bieber - Yummy

    Scroll Up