Existem concelhos que podem a não vir a desconfinar

O nosso país vai dando os primeiros passos no que toca ao desconfinamento, mas não são todos os concelhos que o podem fazer.

São ao todo vinte  seis concelhos que estão em risco de incidência da COVID-19, e por isso podem não avançar no desconfinamento. A avaliação destes casos, cabe ao Governo.

De acordo com o boletim divulgado pela Direção Geral de Saúde (DGS), estes concelhos registam nos últimos 14 dias mais de 120 casos por cada 100 mil habitantes, sete dos quais estão acima dos 240 novos casos por cada 100 mil habitantes.

Machico, na região Autónoma da Madeira, é o concelho do país com maior incidência que regista 500 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias.

O boletim de ontem revela que estão no patamar acima dos 120 por 100 mil habitantes os concelhos de Alandroal (200), Albufeira (161), Lagoa (141), Machico (500), Portimão (308), Ribeira Brava (225), Ribeira de Pena (283), Rio Maior (334), Santa Cruz (183), Beja (134), Borba (134), Câmara de Lobos (154), Carregal do Sal (302), Marinha Grande (203), Moura (474). Soure (123), Cinfães (175), Figueira da Foz (121), Figueiró dos Vinhos (180), Funchal (137), Odemira (316), Penela (167), Ponta Delgada (178), Ponta do Sol (151), Vila do Bispo (213) e Vimioso (174).

Destes concelhos sete têm valores acima dos 240 casos por 100 mil habitantes.

 

Publicidade


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Quem nos apoia?!

Patrocínios

Envie-nos a sua mensagem!

     

    Publicidade


    No ar com: Igor Martins | Música atual: Matias Damasio – O Nosso Beijo | Música seguinte: Jonas Brothers - Sucker

    Scroll Up